Próxima Assembléia Geral Ordinária do Villa Borghese 26/02/2010

Por ocasião dessa assembléia de 26/02/2010, estaremos distribuindo aos participantes uma carta-manifesto da Comissão de Obras, a ata da reunião emergencial realizada em 10/02/2010 e continuando a colher asinaturas no abaixo-assinado destinado a reunir o contingente necessário a forçar a realização de uma assembléia de liquidação da Comissão de Obras dos Empreendimentos Villa Borghese e San Filippo, na mesma oportunidade em que se reativará a associação Villa Borghese pela eleição de novos representantes.

Independentemente dos problemas ligados aos antigos adquirentes da Encol, tanto eles como os novos adquirentes da Aterpa tem em comum o interesse de reclamar da qualidade da obra, que mostra graves infiltrações, problemas com portões de garagem, bombas d’água e instalações elétricas, que deixam os prédios sem água e luz, bem como da desastrada “instalação antecipada” do condomínio que, até hoje, não permitiu tivesse o condomínio inscrição no CNPJ, INSS, seguro da edificação etc, assim como todos os proprietários, indistintamente, se somam aos locatários para protestar perante as autoridades contra os problemas do entorno dos prédios do Villa Borghese, tais como o fechamento do bosque, da passagem para a praia, das nuvens de mosquitos vindos da vizinha obra paralisada etc.

Por isso, ciente das dificuldades que cercam o contigente de proprietários da Encol, com a celeuma entre os seus representantes, a demandar maiores formalidades, talvez até judiciais, para que se realize uma assembléia da Comissão de Obras, se fará convocação para a fundação de uma nova associação, dos moradores dos prédios, que possa atuar o quanto antes na defesa do interesse coletivo.

Nessa assembléia de fundação, que se projeta ocorrer em 30/03/2010, deve ocorrer não somente a aprovação do estatuto, mas a eleição da diretoria e conselho fiscal, com suplentes.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.