Cartas

23 de abril de 2003


Prezado(a) Condômino(a).

Conforme antecipado em nossa última correspondência, dando prosseguimento aos procedimentos do financiamento que nos permitirá concluir a construção dos nossos empreendimentos, iniciaremos a convocação dos condôminos com saldo, individualmente, atenderem às formalidades de praxe do Banco Itaú, trazido pelao devedor par CMP na ausência de recursos por parte da Caixa Econômica Federal, sabendo que o Banco Itaú já financiou a continuação de várias obras paralisadas pela falida Encol.

A Construtora Mendes Pinto - CMP promoverá o levantamento do cadastro e da documentação dos condôminos que necessitem de financiamento de seus saldos devedores, trabalho este que será executado através da empresa Kéter Desenvolvimento Imobiliário Ltda., contratada pela CMP para este evento, no portfólio da qual encontramos algumas obras de características semelhantes, inclusive de prédios próximos como o edifício Blue Coast, comprovando experiência na montagem de operações imobiliárias de vulto.

O resultado das entrevistas e coleta de documentos, materializará financiamentos que serão concedidos diretamente aos condôminos pelo chamado “Plano Condomínio”, e, se necessário for para se chegar aos valores de custo das obras, a diferença será garantida pelo Incorporador (CMP), conforme contrato homologado em assembléia de 24/11/2002.

Aqueles condôminos que não conseguirem obter o financiamento integral de seus saldos devedores com o Banco Itaú terão, também nesta ocasião, oportunidade de acertar forma de pagamento parcelado da diferença durante os 24 meses previstos para conclusão das obras.

Os trabalhos terão início pelos condôminos com saldo devedor do edifício San Filippo, que estão recebendo, juntamente com a presente, o agendamento programado para ocorrer a partir do dia 1º de maio de 2003, e esperamos estejam concluídos aqueles do Villa Borghese dentro de no máximo 60 dias.

Lembramos, finalmente, que esta operação, conclusiva para o término das obras – oferta de financiamento – está sendo realizada em conformidade com todas as regras estabelecidas nas escrituras, na convenção de condomínio e no instrumento particular de compromisso de negócio imobiliário firmado entre a Comissão de Obras e a CMP, homologado em assembléia geral de condôminos de 24/11/2002.

A Reserva Negócios Imobiliários, administradora dos condomínios, com sede à rua do Carmo n º 6, 2º andar (tel. 2533-4979), está instruída a receber cotas condominiais em atraso, mesmo que em parte, sempre observando as normas da convenção de condomínio e decisão de última assembléia.


Pela Comissão de Obras

Antonio Sampaio Netto
Antonio Braga Coscarelli
Lais Marque da Silva
Ulisses Duarte da Costa Monteiro