Cartas

1 de novembro de 2001

Prezado condômino(a)

Vencemos mais uma etapa, chegamos ao valor de ITBI de R$ 236.920,67, referente às unidades de estoque e às de acordo judicial. Lembramos, conforme nossa carta de 3 de setembro deste ano. Que deveríamos vender 9 unidades do estoque para cobrir despesas de R$ 460.000,00 só para ITBI além das escrituras e respectivos registros que elevaria o valor total para R$ 573.250,00.

A grande conquista nossa, quanto às unidades de estoque, foi a consideração da totalidade das mesmas participando somente da fração ideal do terreno para efeito de ITBI. Assim, quanto às unidades de estoque, teremos a considerar apenas duas escrituras e dois registros, uma para o Villa Borghese e outra para o San Filippo, perfazendo o valor de 1.500,00 o que eleva o total da despesa para o montante de R$ 238.420,67.

Efetivada esta etapa, teremos o terreno dividido em três grandes porções: a primeira será a soma das frações dos condôminos; a segunda a soma das frações remanescentes da Clama, proprietária parcial do terreno; e a terceira o total das frações das unidades do estoque, pertencentes ao Condomínio, que ficarão em nome da Comissão de Obras, como receita da obra, permitindo desta forma efetivar o memorial de incorporação, ficando o empreendimento a salvo de qualquer eventual dificuldade legal, podendo partir para o financiamento, logo para as obras de conclusão.

Lembramos aos senhores condôminos, mais uma vez, que as cotas em atraso ainda poderão ser quitadas, com base em seu valor histórico. Após o registro do memorial serão acrescidas das multas e juros previstos nas escrituras, e, em permanecendo a inadimplência, será dado o tratamento jurídico cabível.

Antonio Sampaio Netto
Presidente