Cartas

4 de dezembro de 2000

Dir – 037/2000
Rio de janeiro, 04 de dezembro de 2000

Á
COMISSÃO DE OBRAS DOS EDIFÍCIOS VILA BORGHESE E SAM FILIPPO
Av. Cantor Roberto Ribeiro, 440
Nesta

At.: Eng Antônio Sampaio Netto
Ass.: Carta aos Condôminos

Prezados Senhores,

Servimo-nos da presente para apresentar um breve relato das atividades em desenvolvimento por nossa Empresa de modo que não restem dúvidas quanto às dificuldades de ordem técnico-executivas que temos superado para o sucesso dos Empreendimentos.

Primeiramente, no que se refere ao Memorial de Incorporação, a pedido da Comissão de Obras estamos auxiliando na sua obtenção. Como é do conhecimento de V.Sas, tornou-se necessário contratar a execução de novos projetos de arquitetura para regularização junto à Municipalidade, uma vez que a ENCOL vinha executando a obra sem a devida aprovação das modificações por elas executadas.

Contratamos o escritório da arquiteta Fernanda Salles, que elaborou todas as novas pranchas, inclusive com as necessárias correções para adequação às disposições mais recentes da legislação urbanística.

Já demos entrada de ambos na Prefeitura (Departamento de Licenciamento e Fiscalização) e, atualmente, estamos cumprindo as exigências solicitadas.

Tendo em vista uma das recentes exigências da Prefeitura em relação à aprovação dos projetos de água potável e esgotos aprovados (o que a ENCOL não fez na época devida), estamos contratando a execução de novos projetos de água e esgoto para regularizar e aprovar junto a CEDAE, pois em função das recentes divergências dos Governos Estadual e Municipal, a Prefeitura não está abrindo mão de somente renovar a licença de obra mediante a apresentação desses projetos aprovados pela CEDADE.
Como a licença de Obra vigente é requisito indispensável ao Memorial de Incorporação, estamos empenhando todos os esforços para a aprovação dos citados projetos.

Cabe frisar que os serviços técnicos de elaboração do memorial estão prontos aguardando os projetos, licença e documentação legal para sua conclusão.

No que concerne aos serviços em execução na obra, informamos que estamos dando continuidade aos reforços estruturais que se mostraram necessários pela deficiência na execução da obra e iniciando os reforços que em função do recálculo da estrutura (revisão do projeto estrutural), indicou serem necessários para enrijecimento da estrutura, em função dos os esforços gerados pelas cargas de vento.

Esperamos concluir os projetos de reforço até 31/12/2000, e implementar a sua execução até fevereiro de 2001.

Os serviços de manutenção do canteiro permanecem, como por exemplo: refazimento de tapumes, limpeza, manutenção de bombas, cisternas e esgotamento.

Como V.Sas, podem verificar, temos superado, a cada momento, novos obstáculos que nos foram legados pela ENCOL, às vezes até surpreendentes: como no caso dos projetos de Arquitetura com tantas diferenças em relação ao que estava aprovado na Prefeitura, e a obra no estágio em que se encontrava e, conseqüentemente, cheia de irregularidades.

É claro que essa “faxina” demanda tempo e estamos vencendo esta corrida contra o tempo.

Não temos dúvidas de que novas surpresas poderão ocorrer, mas queremos deixar claro que não só acreditamos nos empreendimentos como desde o princípio já sabíamos que a batalha seria dura, mas não com tantos caminhos tortuosos, que temos superado. Cada obstáculo superado, cada vez mais, nos dá certeza da viabilidade do contrato que assinamos e mais próximos estamos de viabilizar os contratos que os condôminos assinaram.

Sem mais para o momento, subscrevemo-nos.

Atenciosamente,


Flávio Ozon Boghossian
Diretor Regional